AURA

CONJURAR E APAZIGUAR ESPÍRITOS — por Helio Kerykeion

Na Bruxaria Luciferiana utilizamos duas fórmulas básicas de Doutrinação de “Entidades Sobrenaturais”, são elas: 1 – Conjuração 2 – Apaziguação 1 – A Conjuração envolve evocação (talvez também invocação em certos casos), além de autoridade, ameaças com símbolos e instrumentos (Foice, Espada etc.) e mesmo a imposição de Entidades superiores aos Espíritos inferiores conjurados. Aliás […]

QUEM FOI LOBSANG RAMPA: UMA GRANDE FARSA?

Poucos autores foram tão controvertidos quanto Lobsang Rampa. E o motivo é bastante simples: se um cidadão inglês afirma que seu corpo foi tomado pelo espírito de um Lama tibetano, certamente deverá ser alvo de zombarias. Quando, além disso, ele narra fatos e acontecimentos extraordinários, com minuciosos detalhes, levando à suposição de que possui faculdades pessoais inteiramente fora das leis da Natureza, pode atrair a reação radical e até mesmo violenta dos críticos. Não poderia ter sido diferente com o Dr. Rampa.

Leitura de Auras e Tratamentos Essênios – Terapias de ontem e de hoje – Daniel e Anne Meurois-Givaudan

Esta obra fará com que você compreenda que a doença não aparece “por acaso”, que é possível conhecer sua evolução e, com base nesse conhecimento, barrar seu avanço, bloqueá-la e transformá-la à medida que nos transformarmos. A vida sempre nos proporciona as experiências e os meios necessários para o nosso crescimento. A doença é um […]

AS CRIANÇAS CRISTAIS

As crianças CRISTAL são recém-chegadas ao planeta (cada vez em maior número). No entanto, sempre existiram, ainda que em pouca quantidade (Jesus Cristo foi uma delas). As crianças cristal são os chamados pacificadores, pois trazem atributos de paz e equilibrio para poder continuar o trabalho começado pelas crianças índigo. Ambas as crianças representam um desafio […]

Aura – Exercícios:

1) Sente-se num local silencioso, onde não corra o risco de ser interrompido.Acenda uma vela e apague todas as luzes.Fixe o olhar na chama da vela, sem piscar.Mesmo se seus olhos começarem a lacrimejar, não os feche.Esse exercício ajuda a sensibilizar os olhos, de modo que eles passem a perceber imagens e luzes sutis.2) Abra […]

PARTE 3: Aura & Clarividência – considerações pertinentes:

17. Às vezes, uma pessoa percebe algo à distância e parece que sua percepção subdivide-se. Parece que metade dela está centrada no corpo ea outra parte está “in loco” observando alguma coisa, como se estivesse presente ali, mesmo estando distante daquele local. Essa não é umaclarividência comum. É uma percepção mais complexa denominada“clarividência viajora”. Esse […]

PARTE 2: Aura & Clarividência – consideraçõespertinentes:

11. De um lado temos os pesquisadores teóricos, que acham que sabem explicar tudo, mas que não sentem nada praticamente em si mesmos. Dooutro lado, os sensitivos que não estudam para entenderem melhor os mecanismos de suas percepções e vivências parapsíquicas.O pesquisador necessita de grandes doses de modéstia, de abertura mental, de ética e de […]