Deixe um comentário

Invocação ao Familiar

Betopataca expoente do satanismo tupiniquim muito flertou segundo pode-se atestar por seus diários mágicos e biblioteca pessoal com xamanismo do Novo Mundo e psicologia junguiana (sendo certa feita mesmo iniciado magicamente em uma tribo Kamaiurá). Tais flertes engendraram uma série de práticas simples, porém intensas, adaptadas aos ditames logísticos da contemporaneidade e linguagem satânica. Segue aqui um dos mais interessantes materiais ritualísticos gerados em tal alento de “amálgama” durante a existência da Fraternitas Templi Satanis (E’P’S’) e recuperado do limbo do conhecimento por R.C.Zarco, legítimo herdeiro da obra de Betopataca.

Trata-se este de um ritual desenvolvido para facilitar o contacto do magista com seu Familiar. É sabido que o conceito de Familiar pode ser encarcerado em diversos padrões. Um dos padrões, que é o que mais adequa-se ao meu pensar, é o do Familiar como “Espírito Guia”.

O Familiar, na óptica de “Espírito Guia”, é na realidade um aspecto vosso que se encontra encarcerado em seu Subconsciente. É o seu “Guia Subconsciente” e que muito pode auxiliar-te em seus processos internos e dúvidas. Assim, ao acessar este Familiar, se está acessando nada mais do que uma parte de si próprio.

A Invocação consiste na abertura do Círculo da Esquerda para Direita no Astral, no acender de um incenso relaxante e no postar-se desnudo durante todo o rito.Após a abertura do Círculo, deita-se com os braços abertos e as pernas em posição analogamente abertas (como o “Homem Pentagrama” de Leonardo da Vinci). Feito tal,deve-se obscurecer sua Mente de todo e quaisquer pensamentos (deixe-a como um “Vazio Nigérrimo”) e pronunciar em voz alta:

– “Sou como o Pentagrama, ser equilibrado. Terra, Fogo, Ar, Água e Espírito. Que tu, meu Animal-Familiar,venha a mim: ser equilibrado!”

Feito isto, projete-se no Astral como um pentagrama flamejante e brilhante ao extremo. E destarte, espere que na Escuridão de sua Mente apareça-te o vosso Familiar e este comunique-se convosco (tu vais saber intuitivamente quando se trata deste).

Após toda a comunicação com o mesmo ter-se encerrado, abra o Círculo da Direita para Esquerda pronunciando em voz alta:

– “Está feito!”

Observações

Esta prática possui três objetivos principais:

Permitir um trabalho melhor com a Sombra e servir de prelúdio a fusão com esta de forma Consciente através do seu Eu-Besta.
Permitir aos iniciantes um contacto maior com o Plano Astral.
Servir como prática licantropa. Sugere-se que antes e depois do Rito seja feito um Ritual do Pentagrama Inverso como forma de Banimento.

Fonte: A.S.B.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: