Deixe um comentário

O PODER DAS PALAVRAS — ELIPHAS LEVI

O PODER DA PALAVRA

É a palavra que cria formas; e as formas por sua vez reagem sobre a palavra, afim de modificá-la e completá-la. Toda palavra de verdade é o princípio de um ato de justiça. Uns perguntam se o homem pode, às vezes, ser necessariamente orientado para o mal. Sim, quando seu julgamento é falso, e consequentemente sua palavra injusta. Ele é tão responsável por um falso julgamento quanto por uma má ação. O que falsifica o julgamento é o egoísmo e suas injustas vaidades. A palavra injusta, incapaz de realizar-se pela criação, realiza-se pela destruição. Deve matar ou ser morta. Se fosse capaz de permanecer fora de ação, seria a maior de todas as desordens, uma blasfêmia duradoura contra a verdade. Uma palavra zombeteira, uma comícidade que ‘recria’ e provoca risos, não é uma palavra vã. A beleza da palavra é um esplendor da verdade. A verdadeira palavra é sempre bela, uma bela palavra é sempre verdadeira. Por esta razão as palavras da arte são sempre sagradas quando elas são belas.

Não há livros ruins, com exceção daqueles que são mal concebidos e mal executados. Toda palavra de beleza é uma palavra de verdade. É uma luz cristalizada na fala. Mas para que a mais brilhante luz possa ser produzida e tornada visível, uma sombra é necessária; e a palavra criativa, que pode torna-se eficaz, necessita de contradições. Ela deve submeter-se ao calvário da negação, do sarcasmo, e em seguida, a algo mais cruel ainda, da indiferença e esquecimento. O Mestre disse: ‘Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele fica só. Mas, se morre, produz muitos frutos.’

Afirmação e negação devem, então, casarem-se uma com a outra, e de sua união nascerá a real palavra, a real e progressiva palavra. É a necessidade que deve constranger os trabalhadores a escolherem pela pedra ângular que eles tinham no início desprezado e rejeitado. Deixemos as contradições, então, nunca desencorajar homens de iniciativa! A terra é necessária para a relha, e a terra resiste porque está na labuta. Ela defende-se como todas as virgens; concebe e dá à luz lentamente como todas as mães. Então, você que deseja semear uma planta nova no campo da inteligência, deve compreender e respeitar os pudores e relutâncias da limitada experiência e lenta razão. Quando uma nova palavra vem ao mundo, ela precisa de panos e bandagens; o gênio veio a produzí-la, mas é a experiência que irá alimentá-la. Não tenha receio de que ela irá morrer por negligência! O esquecimento é para ela um tempo favorável de descanso, e as contradições ajudam-na a crescer. Quando um sol irrompe no espaço ele cria mundos ou os atrai. Uma única centelha de luz fixa promete um universo para o espaço.

Toda a magia está em uma palavra, e essa palavra pronunciada cabalisticamente é mais forte que todos os poderes do Céu, Terra e Inferno. Com o nome de ‘Jod he vau he’, o Todo comanda a Natureza. As forças ocultas que compõem o império de Hermes são unas e todas obedientes a ele que sabe como pronunciar devidamente o nome incomunicável de Agla. Para pronunciar devidamente as grandes palavras da Qabalah, é preciso pronunciá-las com uma inteligência completa, com uma vontade que nada restringe e uma atividade que nada intimida. Na magia, ter dito é ter feito; a palavra começa com as letras, termina com os atos. Ela não será realmente algo ao menos que se deseje com todo o coração, ao ponto cair sob si toda a querida afeição; com todas as forças, ao ponto de arriscar-se a própria saúde, fortuna e a vida. É pela absoluta devoção que a fé se prova e se constitui. Somente o homem armado com tal fé será capaz de mover montanhas.” — Eliphas Levi.

Você pode conferir o original, em inglês, em darksites.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: