4 Comentários

O PODER POR TRÁS DA MESTRUAÇÃO

O poder por trás da mestruação

Frequentemente, as mulheres desdenham seu sangue menstrual, em vez de compreendê-lo como fonte de seu poder. O sangue contém o código genético, e porque a Deus… a Mãe é a fonte de todas as coisas, é d’Ela que provém o código. É no sangue que se oculta a história.

O sangue menstrual pode ser empregado para nutrir a vida vegetal, para marcar a Terra e deixá-la saber que a Deusa está novamente viva. Em geral, as mulheres não mais sangram sobre a Terra. Fazer isso constitui uma transferência direta da energia da Deusa. Quando as mulheres colocam seu sangue sobre a Terra, ela é alimentada.

Foi dito às mulheres, por eons, que seu sangue era uma maldição e elas passaram a temer o próprio sangue. Elas não compreendem que ele é sua fonte e seu poder.

Conforme vocês vão colocando de lado antigos tabus e trabalham com o sangue menstrual, verão que têm um efeito diferente sobre os animais e plantas da Biblioteca Viva. Mulheres: se vocês ainda menstruam, tornem-se sábias, honrando o próprio sangue e o próprio corpo.

Seu sangue constitui uma das mais elevadas fontes de fertilização e demarcação territorial que vocês podem utilizar. Compreender os mistérios do sangue é a chave para a conexão com a fonte do próprio poder e de um profundo conhecimento interior. Vocês podem marcar a terra onde vivem com seu sangue menstrual. Podem começar com os pontos cardeais: norte, sul, leste e oeste. Então, com o tempo, podem continuar a estampar a Terra, como um pintor dando pinceladas numa tela. Podem diluir o sangue com água, aumentando, assim, a quantidade. Podem abençoá-lo e usar cristais para manter a vibração. Esse processo é considerado como a demarcação do território da Deusa. Atrairá plantas e animais para que tenham uma nova vitalidade e sintam que são um com a Deusa.

Numa série de histórias humanas antigas, o sangue foi empregado para afastar o mal ou para estabelecer intenções. Ninguém ousaria tocar numa porta que fosse marcada com sangue menstrual – naquela porta ou naqueles que vivem por detrás dela -, porque compreendia-se que a Deusa reinava ali. Naqueles tempos antigos, a Deusa ainda era respeitada. Compreendia-se que, quando alguém brincava com a Deusa ou desobedecia a Ela, seu trabalho não era divino.

Ao construírem e desenvolverem novas comunidades, sugerimos que as mulheres de todas as idades se reúnam com a intenção de compreenderem o período menstrual e de compartilharem com os homens o poder e o conhecimento que possuem como chaves.

Explorem os mistérios do sangue como um processo natural da vida comunitária. O corpo feminino, com seus ciclos, cria a imagem da vida. É muito importante que as mulheres compreendam o poder. Pensem a respeito da dinâmica envolvida na gestação de uma criança. A mulher mantém uma força vital, que cria movimento e deseja nascer. Há um poder misterioso nisso. É tanto poder que a vibração masculina veio a temer o processo e a magia do nascimento. Porque o macho esqueceu como dar à luz no planeta através de seu corpo, sentiu-se ameaçado pelo poder da fêmea. Os homens precisam acostumar-se com o sangramento feminino e apóia-lo. Tempo virá em que vocês desejarão conhecer a própria linhagem e a responsabilidade de engravidar de maneira apropriada e no tempo certo, porque a vida tornar-se-á muito valiosa. A menstruação passará a ser uma parte muito importante da comunidade. À medida que as mulheres alcançam a compreensão através desse poder, a Deusa se galvaniza e retorna a todos vocês.

Se desejam uma horta fértil, a melhor horta da cidade, usem o seu sangue diluído com água. Essa horta florescerá. Vocês verificarão que o sangue pode acelerar o crescimento dos alimentos. Ele acelerará muitas e muitas coisas.

Não há erro na menstruação. É uma das maiores dádivas. É o elixir dos deuses.

Mulheres aborígenes recolhem seu sangue menstrual em bolsas e o empregam para curar feridas.

Há muitas coisas que as mulheres podem fazer com o próprio sangue.

Algumas mulheres não gostam da ideia de serem mulheres. Quando menstruam, acham desagradável, desconfortável, doloroso, uma experiência e período inconveniente. Os homens frequentemente não têm qualquer ideia do que acontece; assim, é complicado para eles também. Nos próximos dias, façam contato com a Deusa, abram o coração e descubram onde o sangramento pode leva-los e o que pode ensinar-lhes, pois no processo da menstruação repousam muitas chaves para o ressurgimento da Deusa no planeta. É preciso voltar a compartilhar o poder através da parceria.

Há muitos outros mistérios a serem revelados e reinterpretados. Alguns de vocês podem estar se perguntando por que estamos tratando deste assunto. Ele é muito importante. Se não estão interessados na energia da Deusa e nos mistérios do sangue, afirmamos que perderão uma parte integral da vida e não compreenderão o que está acontecendo no planeta. Se ele “desliga” vocês ou se acham que é irrelevante, estão completamente enganados. Este é um dos mais vigorosos ensinamentos que podemos lhes dar nesta época para ajudá-los a compreender o que está para vir. O que precisam, como homens e mulheres, é completa e totalmente honrar a vibração da Deusa que chega através de seus corações e ajuda a abri-los.

in “Terra – Chaves Pleidianas para a Biblioteca Viva”, de Bárbara Marciniak.

Anúncios

4 comentários em “O PODER POR TRÁS DA MESTRUAÇÃO

  1. AEons disseram a elas que esse sangue era impuro? – Mas, isso depende, , na realidade em varias seitas e religiões não se deve ser servido por uma mulher menstruada na realidade o homem vai servi-la , mas ela não tocará os ritos durante o periodo lunar em que tem seus fluxos, porque ele contem certas proteínas e nutrientes que não devem ser misturados com sangue no fluido vital, isso pode até provocar manchas na pele de nascituros , para tudo há uma razão, da mesma forma como pode ser usado para algns ritos de feitiçaria para outros deverá ser evitado, como por exemplo para assinar o pergaminho, deverá ser sangue das veias para selar o contrato

  2. Entendie em parte, mais é quanto ao rituais tais como: acender uma vela evocar a deusa. O que de fato a mulher pode e não pode quando está mestruada? Desde já agradeço.

  3. O sangue deve ser misturado com esperma para então ser passado em uma vela esta branca para um pedido tipo dinheiro .se for proteção deve ser sangue menstrual de uma virgem melhor ainda se for a menarca. Para fazer mal deve ser uma vela negra e acenda a vela só na lua nova e pode ser dequalquer sangue menstrual virgem ou não para o mau. E por aí vai . Para quem fizer bem ou mau vc deve botar algo da pessoa junto cabelo lenço usado etc…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: