2 Comentários

A Tradição da Alta Feitiçaria (Helio Kerykeion)

Templo de Alta Magia (Ordo Umbrae Lucet )

Templo da Ordo Umbrae Lucet

O sistema de Alta Feitiçaria da Ordo Lotus Nigra (OLN) fundamenta-se nas fórmulas de “Magia Cerimonial” ou Alta Magia. Assim sendo é oportuno falar um pouco desta “via de ascensão” tão mal interpretada pela maioria dos pagãos modernos.

Na Magia Cerimonial, o ritual é o meio de contato com entidades supra-humanas com o objetivo principal de dirigir ou controlar forças ocultas, e conseguir produzir efeitos ou influenciar situações. Muitos magos cerimoniais trabalham com energia interna (shakti) combinada com a energia de diversas entidades supra-físicas (deuses, anjos, gênios etc) para realizar suas operações mágicas. Em geral, o magista (termo usado para ambos os sexos) domina e ordena as entidades de diversas hierarquias e para tal tem que ter controle tanto interno como externo. Algumas vezes uma forma de energia espiritual mais geral (planetária, elemental ou zodiacal) pode ser usada para criar “elementais” artificiais, consagrar talismãs e amuletos, lançar feitiços etc. Outras vezes ele precisa pedir ajuda a um arcanjo ou mesmo evocar um espírito goético (vulgarmente chamado de demônio) para fazer sua magia. 

O objetivo final da Alta Magia tem sido descrito como a comunicação com o Sagrado Anjo Guardião (SAG) – o que traz iluminação e informação para o magista, que vive neste plano de existência. Entretanto, o contato com o SAG não é uma experiência subjetiva com aquilo que a Yoga e a Teosofia chamam de “Eu Superior”. O Sagrado Anjo Guardião é uma entidade real embora não–física, possivelmente um espírito desencarnado evoluído que ultrapassou os estágios da humanidade e atua como uma espécie de guia ou mentor espiritual do magista. 

A comunicação com o Santo Anjo Guardião desperta os quatro chakras superiores ( Sahasrara, Ajna, Vishuda Anahata), o que estabelece o alinhamento da consciência humana com planos de vida e consciência além da esfera terrestre. O mais importante neste tipo de trabalho ocultista é a possibilidade de comunhão voluntária e consciente com Inteligências Superiores não-físicas. Deve ficar claro, porém, que um contato com uma Energia Superior ou Ser de Alta Hierarquia Espiritual, se torna muito difícil, pois o que normalmente ocorre, é que a pessoa acaba contatando de fato a manifestação de Mensageiros numa certa escala dessa Hierarquia, que têm suas frequências vibratórias muito parecidas com essa pessoa.

Embora o SAG seja uma entidade distinta e exterior da individualidade do mago ele se comunica com o mesmo através de seu Eu Superior ou Self, muitas vezes através da inserção de mensagens nos sonhos do mesmo. As técnicas da Alta Magia podem aumentar a qualidade dessa comunicação e torná-la cada vez mais eficiente pois o Eu Superior manifesta-se na forma de intuição e mensagens subliminares.

As operações de Alta Magia consistem em executar uma operação mágica, de forma completa e detalhada, com começo, meio e fim. De um modo geral, para os encantamentos e técnicas de preparação do mago e do material, são utilizados nomes de Deus (ou deuses) em latim e hebraico e “Nomes Bárbaros de Invocação e Evocação” que formam as palavras de conjuração, em geral uma mistura do hebraico, grego e mesmo línguas mortas como o egípcio copta antigo, e com variantes utilizando esses alfabetos mágicos. 

Os cerimoniais de Alta Magia pertencem mais a segunda parte do desenvolvimento ocultista, pois não é possível praticá-la sem conhecer a fundo as técnicas da visualização; ademais, é imprescindível ter capacidade para uma concentração demorada, uma mediunidade controlada e, ainda, uma profunda compreensão intuitiva, que só pode ser conseguida mediante exercícios de meditação. Ser ocultista não é comprar qualquer livro de Alta Magia e sair colocando em prática. Alta Magia requer um tempo de estudos e conhecimento acerca das forças sobrenaturais, não se deve abrir portas nos mundos invisíveis e não saber como fechá-las, muitas vezes uma imaginação descontrolada acarreta danos psíquicos e até mesmo físicos ao mago iniciante. 

Quando praticada de forma séria, a Magia lida com Seres Inumanos, Forças Naturais e Cósmicas e de um complexo sistema de energias sutilíssimas. Tal coisa é impossível de aprender por conta própria. Há riscos, e as vezes os fenômenos prejudiciais propagados por pessoas incautas não se manifestam imediatamente, senão a posteriori. Quando você dá os primeiros passos na Alta Magia, ativa sua participação consciente nos níveis astrais. A presença de sua atenção consciente ali atrai a atenção dos habitantes desse reino: fantasmas, sonhos, pesadelos, emoções negativas não resolvidas, vampiros psíquicos de todo o tipo (físicos e não fiscos), deuses do abismo, monstros alienígenas, atavismos e instintos animais de sobrevivência etc etc. 

A verdade é que a Alta Magia Cerimonial é fundamentalmente uma Via de Iniciação que demanda aprendizados específicos (algo que você aprende) e cujo aprendizado então se concretiza na prática do dia-a-dia (algo que v. faz) e que então se torna parte de você. Por esse, e outros motivos, a presença do mestre na aprendizagem da Magia Cerimonial é obrigatória. 

Iniciação no ocultismo quer dizer uma série de estágios de realização que expandem sua visão da realidade além dos planos físico, mental e emocional, incluindo o espiritual, o divino e sua transcendência.

Anúncios

Sobre Kerykeion

Sobre Helio Kerykeyon Helio Kerykeion é graduado em Educação Física, Seitai (quiropraxia japonesa) e estudioso de Filosofia Yogui, Ocultismo Tântrico e Espiritualismo desde a década de 1980. Em 1991 recebeu iniciação mística no Budismo Vajrayana e em 2011 nos Ritos Tântricos da Anuttara Amnaya (Suprema Consecução). Helio Kerykeion é fundador da Escola Shamballa de Terapias Iniciáticas e Formado como Reiki Master nos sistemas de Reiki Xamânico (Amadeus e Ma’Heo’o ), Reiki Cosmo-Ascensional (Sete Pérolas) e Wicca Reiki (Reiki Mágico). É certificado como Sensei (professor) nos sistemas Gendai Dentho Reiki (Tradicional Japonês) e Bushidô Reiki (Reiki Samurai) assim na Iniciação Egípcia YOD e Ordem de Melchizedek. Helio Kerykeion é versado nas técnicas de Alta Feitiçaria e Alquimia Sexual da Ordo Lotus Nigra, fraternidade ocultista por ele fundada e na qual cumpre a função de Hierofante. Também mantém os graus de Aprendiz, Servidor, Sacerdote e Grão-Sacerdote dos Mistérios Thelêmicos e Gnósticos do Club Choronzon na linhagem de sucessão de Peter R. Koenig, Hyeronimus II (Geoffrey George) e Frater Shabbathai (Fernando Liguori). endereço e-mail: heliomagista@1966@gmail.com endereço Ordo Lotus Nigra (O.L.N) facebook: https://www.facebook.com/groups/1379191525636747/

2 comentários em “A Tradição da Alta Feitiçaria (Helio Kerykeion)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: