Deixe um comentário

OS DESENHOS LISÉRGICOS DE DAN OUELLETTE

Daniel Ouellette é um artista nascido em Altamont, Utah, USA em uma era de ativismo e drogas de expansão da mente, cuja juventude foi uma mistura dos valores do velho mundo e de um novo mundo de intelecto sexual, em que a indulgência visual da Igreja Católica durou apenas por um curto período de tempo. Ele começou a desenhar quando criança, encontrando uma maneira de entreter-se facilmente na sala de aula com desenhos de grotescas prostitutas nuas para decorar seus sapatos.

A arte das capas de LP’s era também examinada de perto. Ele tinha sempre à mão livros Dali, Escher e Moebius. Paralelamente os absurdos e surrealistas filmes de Super-8 concentravam seus esforços ilustrativos. A riqueza da diversidade cultural, em combinação com o uso de drogas alucinógenas e seu extenso e confuso desvio sexual começaram a transformar suas díspares experiências artísticas numa prolongada exigência de um estilo de vida que era a sua própria expressão. Ele cresceu amando os filmes de Fellini e ficou maravilhado com o Lynch de “Eraserhead” e “Videodrome” de Cronenberg. Assim, em vez optar por uma forma de “educação” em artes plásticas, ele escolheu aprender as ferramentas do cinema.

O desenho de Daniel Ouellette desenho se move entre o expressionismo e o surrealismo, com figuras provocativas implicando a visão onírica e simbólica com os desejos, deixando o espectador com a incerteza de onde um começa e termina o outro. Suas imagens são inquietantes, delirantes ou míticas, mas não sem grande sensualidade no meio do caos. Em suas obras a figura feminina ganha posição importante, fundamental, ocupando o papel de protagonista e, apesar da crueza de suas imagens, outorga-lhe a iniciativa e o reconhecimento de seu poder. Sua estética tende também à biomecânica e ao cyber-punk, assim como à ficção científica, muitas vezes mesclando diferentes elementos entre si.

Ele projetou mais de quinze longas independentes na última década, assim como vários comerciais de TV e vídeos musicais, como o Android Lust – Dragonfly.

Ele não é feliz vivendo nos Estados Unidos, e está aguardando a oportunidade de deixar o seu hipócrita e puritano país, onde, de acordo com seu site, pesquisas recentes mostram que 48% dos americanos acreditam no criacionismo, 68% no diabo e 77% em anjos.

FONTE: TARINGA.NET

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: