Deixe um comentário

Goétia – As Chaves de Salomão → Orações e Conjuros Goéticos

Oração Sobre as Vestimentas Sagradas

“Pelo mistério figurativo destes trajes santos (ou desta vestimenta) eu vestir-me-ei com os paramentos da Salvação na força do mais elevado, AMIDOS THEODINIAS ANITOR de ANCOR AMACOR; que meus desejos possam ser cumpridos pela vossa mão ó ADONAI! A quem pertencem o louvor e a glória para sempre e sempre mais! Amen!”

Após esta benção, faça um período de constrição e preces a fim de que Ele seja favorável ao seu trabalho.

Invocação Preliminar

Eu invoco a ti, oh não nascido.
Tu que criaste os Céus e a Terra.
Tu que criaste a Noite e o Dia.
Tu que criaste as Trevas e a Luz.
Tua arte Osorronophris: Cujo nenhum homem jamais viu.
Tua arte Jäbas
Tua arte Jäpos:
Tu que distinguiste o Justo do Injusto.
Tu que criaste a diferença entre Homem e Mulher.
Tu que produziste a semente e o fruto.
Tu que criaste os homens para amarem uns aos outros e odiarem uns aos outros.
Eu sou Mosheh, teu profeta, a quem podes revelar os teus mistérios, a Cerimônia de Ishrael:
Tu que produziste o seco e o úmido no qual deu origem a toda a vida existente. Ouça me, pois eis que sou o anjo de Paphro Osorronophris: que é teu verdadeiro nome, tal qual transmitido aos profetas de Ishrael.
Ouça-me. Ar: Thiao: Rheibet: Atheleberseth: A: Blatha: Abeu: Ebeu: Phi: Thitasoe: Ib: Thiao.
Ouça-me e faça os espíritos sujeitarem-se a mim até que cada o Espírito no firmamento e no Éter, sob a terra e sobre a terra, nas águas ou em terra seca, no reino do ar e no reino do fogo estejam obedientes prontos ao meu comando.
Eu invoco a tí, Terrível e Invisivel Deus: que está presente e todo o lugar ocupado e todo espaço vazio.
Arogogorobrao: Sothou: Modorio: Phalarthao: Doo:
Ape, Não Nascido, ouça-me!
Ouça-me: Roubriao: Mariodam: Balbnabaoth: Assalonai: Aphniao: I: Thoteth: Abrasar: Aeoou: Ischure, Poderoso Não Nascido! Ouça-me!
Eu te invoco: — Ma: Barraio: Joel: Kotha: Athoribalo: Abraoth:
Ouça-me! Aoth: Abaoth: Basum: Isak: Sabaoth: Iao:
Tu és o Senhor dos Deus.
Tu, és o Senhor do Universo
Tu és aquele que os ventos temem.
Tu é aquele que criou o Verbo por sua vontade,
Senhor de todas as coisas.
Tu és aquele que rege, que governa e que ajuda.
Ouça-me!
Ieou: Pur: Iou: Pur: Iaot: Iaeo: Ioou: Abrasar: Sabriam: Do: Uu: Adonaie: Ede: Edu: Angelos ton Theon: Aniaia Lai: Gaia: Ape: Diathanna Thorun.
Eu sou Ele! O Espírito Não nascido! Forte fogo imortal!
Eu sou a Verdade!!
Eu sou Ele de onde se origina todo o bem e todo o mal!
Eu sou Ele, relâmpago e trovão.
Eu sou Ele, de quem brota a vida na terra:
Eu sou Ele, de cuja a boca saem labaredas
Eu sou Ele! Sou a maior manifestação da Luz e das Trevas!
Eu sou Ele! A Graça do mundo!
Estou onde está o coração com uma serpente enroscada.
Que todos os espíritos sujeitem-se a mim até que cada o Espírito no firmamento e no Éter, sob a terra e sobre a terra, nas águas ou em terra seca, no reino do ar e no reino do fogo estejam obedientes prontos ao meu comando.
Iao: Sabao:
Estas são as Palavras!

A Conjuração ou Chamada dos Espíritos

Eu executei o que foi decretado para conjurá-lo, oh espírito de N. e estou armado com MAJESTADE SUPREMA, e eu voz comando em força, por BERALANENSIS, por BALDACHIENSIS, por PAUMACHIA, e por APOLOGIAE SEDES; pelos príncipes, pelos gênios, pelos linches e pelos poderosos ministros da câmara do Tártaro; e pelo príncipe maior que se assenta no torno de Apologia da nona legião, eu vos invoco, e conjuro. E sendo armado com a potência da MAJESTADE SUPREMA, eu vos comando em força, por Aquele que decreta e está feito, e que está acima de todas as criaturas e de mim mesmo, sendo feito à imagem de DEUS, assumindo a potencia de Deus e sendo feito conforme a Sua Vontade, eu voz exorcizo pelo nome mais poderoso de Deus, EL, forte e esplendoroso; Oh espírito N. eu comando-o até mim no nome Dele cuja palavra é FIAT e por todos os nomes de Deus: ADONAI* EL* ELOHIM* ELOHI* EHYEH* INCINERATOR* EHYEH* ZABAOTH* ELION* IAH* TETRAGRAMMATON* SHADDAY* SENHOR DEUS ALTISSIMO, que N. venha até mim, diante deste circulo e apareça manifestando-se em forma humana, isento de deformidade ou malícia. E pelo Nome Inefável, TETRAGRAMMATON IEHOVAH, supremo senhor dos elementos, cuja pronuncia agita o Ar e enfurece os Mares, extingue o Fogo e treme a terra e todos os anfitriões celestiais, terrestres e infernais são afligidos e confundidos. Portanto vinde, oh espírito (Nome do Espírito), prontamente e sem atraso, de qualquer parte da terra onde estejas ou onde se encontre vosso reino, e trazei respostas inteligíveis as minhas duvidas. Apareça, afável e visivelmente, agora e sem atraso, conforme a minha vontade.
Conjurado pelo nome do DEUS VIVO e VERDADEIRO, HELIOREN, portanto cumpre tu os meus comandos, e persiste neles, aparecendo visivelmente e afavelmente falando com voz livre e inteligível, sem nenhuma ambiguidade.

Recite isso várias vezes se for necessário. Se o espírito não se manifestar então diga o seguinte:

A Segunda Conjuração

Eu conjuro invoco e comando, oh tu espírito de N., a manifestar-vos visivelmente e mostrar-vos a mim diante deste circulo amavelmente sem nenhuma deformidade ou malícia; pelo nome e no nome IAH e VAU, que Adam ouviu e falou; e pelo nome do DEUS, AGLA, Lot ouviu e foi Salvo, ele e sua família; e pelo nome IOTH, que Jacob ouvido do Anjo com o qual lutou, e foi entregue em segurança na mão de Esaú seu irmão; e pelo nome ANAPHAXETON que Aarão ouviu e foi feito sábio; e pelo nome ZABAOTH, que Moisés proferiu e todo os rios foram mudados em sangue; e pelo INCINERATOR chamado EHYEH ORISTON, que Moisés nomeou, e todos os rios regurgitaram rãs, que entraram pelas casas e destruíram tudo; e pelo nome ELION, que Moisés nomeou, e se fez um saraiva tão grande como jamais havia sido visto desde o começo do mundo; e pelo nome ADONAI, que Moisés proferiu, e veio a nuvem de gafanhotos, que se espalharam pela terra, e devoraram tudo de que a saraiva havia deixado; e pelo SCHEMA conhecido AMATHIA que Ioshua proferiu, e o sol permaneceu em seu curso; e por ALFA e por OMEGA, que Daniel nomeou, e destruiu Bel, o pântano e o Dragão; pelo nome EMMANUEL, que as três crianças, Shadrach, Meshach, e Abed-nego cantaram no meio da fornalha impetuosa, e foram salvos; e pelo nome HAGIOS; e pelo SELO de ADONI; e por ISCHYROS, por ATHANATOS, por PARACLETOS; e por O THEOS, por ICTROS, por ATHANATOS; e por estes nomes secretos, AGLA, SOBRE, TETRAGRAMMATON, eu adjuro e confino-vos oh espírito de N.. E por este nome, e por todos os outros nomes de DEUS VIVO e
VERDADEIRO, o SENHOR ONIPOTENTE, eu vos exorcizo e comando, oh espírito N., unicamente por ele que decreta e é feito, e a quem todas as criaturas são obedientes; e pelos julgamentos terríveis de DEUS; e pelo sombrio mar vidro, que esta diante da MAJESTADE DIVINA, Grandioso e poderoso; pelas quatro bestas ante o trono, cheias de olhos; pela chama eterna do Seu Trono; pelos santos anjos do paraíso; e pelo sabedora do poderoso DEUS; Eu vos exorcizo em poderio afim de manifesta-lo ante este círculo para cumprir minha vontade em todas as coisas que te forem solicitadas; pelo selo de BASDATHEA BALDACHIA; e por PRIMEUMATON, que Moisés pronunciou, e a terra se abriu, e engoliu Kora, Dathan, e Abiram. Vinde, portanto, oh espírito N., executar todos os meus desejos conforme vossa função e capacidade. Portanto, vinde visivelmente, pacificamente e afavelmente, imediatamente, para manifestar meus desejos, falando com a voz desobstruída e perfeita, inteligível e compreensível.

Se o espírito ainda não vier diga então o seguinte:

A Terceira Conjuração

Eu vos confino e conjuro oh espírito N., por todos os nomes mais gloriosos e mais potentes do SENHOR EXALTADO E INEFÁVEL DEUS ANFITRIÃO, que vos dirija até aqui desde os confins da terra onde teu império se encontra, responder corretamente as minhas demandas, visível e amigável, falando com voz inteligível.

Eu vos conjuro e confino, oh espírito N., por todos os nomes até agora pronunciados; e pelo poder destes sete nomes que Shlomo utilizou para aprisiona-lo, junto com vossos companheiros na Arca de Bronze, os quais são ADONAI* PREYAI* ou de PRERAI* TETRAGRAMMATON* ANAPHAXETON* ou de ANEPHENETON* INESSENFATOAL* ou de INESSENFATALI* do PATHTUMON* ou do PATHATUMON* e de ITEMON* a comparecer ante este círculo para cumprir minha vontade em todas as coisas que me parecerem adequadas.

E caso ainda se mostre desobediente e resista ao encantamento, pela vontade onipotente e poderosa do nome SUPREMO E ONIPRESENTE do SENHOR DEUS OMS criou a tudo o que existe no mundo em seis dias, e tudo o que esta nele contido, EIE SARAYE, e pelo poder do nome PRIMEUMATON que reina sozinho nos jardins do Paraíso, eu vos constrinjo e vos privo de suas funções, da alegria e de seu lugar, ligando-os a profundidade do poço sem findo ou Abismo, para que lá permaneça até o dia do julgamento. E eu vos ligarei ao fogo eterno, e no lago de fogo e enxofre, a menos que venha sem demora e apareça diante deste circulo para fazer minha vontade. Vinde, pois, pelo SAGRADO NOME de ADONAI ZABAOTH, ADONAI AMIORAN. Vinde, pois ele é ADONAI, que vos tem comandado.

Caso seja isto dito e o espírito não aparecer, você pode estar certo que está em algum outro lugar por cumprindo ordens do seu rei, e não pode comparecer presentemente. Se isto for assim, a seguir evoque o rei, como segue, para contatá-lo. Mas se o espírito não vier mesmo assim então você pode estar certo que está limitado nas correntes do inferno e não está sob a custódia do seu rei. Se você desejar ainda o chamar então você deve quebrar a corrente que está prendendo o espírito.

A evocação do REI

Oh grande, potente, e poderoso AMAIMON vos que sois Rei, cingido pela potência do SUPREMO DEUS EL* sobre todos os espíritos superiores e inferiores das ordens infernais nos domínios do leste; Eu Invoco-te pelo poder e comando do nome do VERDADEIRO DEUS; por esse deus que Vós Adorais; e pelo selo da vossa criação; e pelo nome mais poderoso e potente de Deus, IEHOVAH* TETRAGRAMMATON* que vos deu forma ainda antes da criação do paraíso, junto com vossos irmãos; e por todos os nomes mais poderosos e mais exaltados do DEUS que criou o paraíso, e terra, e inferno, e todas as coisas neles contidos; e por seus potências e virtudes; e pelo nome PRIMEUMATON que comanda sozinho no paraíso; pela vossa majestade, obriga e compele o espírito N. para vir até mim, diante deste círculo em uma forma adequada e amigável, sem dano a mim e toda e qualquer outra criatura, e que corresponda fiel e verdadeiramente a todos os meus pedidos; de modo que eu possa realizar minha vontade e saber o que desejo de todas as coisas, pela função e conhecimento que lhe seja apropriado executar ou realizar, pela potência de DEUS, EL, OMS criador e fonte de todas as coisas celestiais, aéreas, terrestres, e infernais.

Após evocar o Rei duas vezes e o espírito mais uma vez pelos conjuros precedentes, repetindo os mesmos diversas vezes, o espírito virá sem dúvida alguma. Entretanto, se não vier ao fim da conjuração e estiver forçado a comparecer – mesmo preso às correstes infernais, estas se partirão.

A Imprecação Geral de Chamada dos Espíritos Rebeldes para quebrar as correntes infernais

Oh N., espírito mau e desobediente, porque tiveste te demonstrado rebelado, desobedecendo e desconsiderando as palavras do encantamento, elas que são os Nomes gloriosos e inefáveis do verdadeiro DEUS, fonte de criação tanto minha quanto vossa, e do resto do mundo; Eu DECRETO pela potência destes nomes ao qual nenhuma criatura pode resistir, tua sentença desde as profundezas do Abismo Insondável, para permanecer lá até o dia da destruição das correntes, e no lago de fogo e enxofre inextinguíveis, a menos que compareças prontamente ante este círculo, dentro do triângulo para satisfazer minha vontade rápida e pacificamente pelos nomes de DEUS: ADONAI ZABAOTH, ADONAI AMIORAN; Vinde! Vinde! Pelo Rei dos reis, ADONAI que vos comanda.

Se até aqui o espírito ainda não apareceu então escreva seu selo em um pergaminho e coloca-o em uma caixa preta bastante resistente, com enxofre e assa-fétida e outras coisas que têm um cheiro forte e desagradável. Ligue a caixa com fio de cobre e pendure-a na ponta da sua espada e sobre o carvão incandescente diga o seguinte, ao fogo primeiramente:

A Conjuração do Fogo

Eu vos conjuro, oh fogo, por ele que fez a vós e todas as criaturas restantes para o bem do mundo, que traga tormento, queime e consuma o espírito N., incessantemente.

Para o Espírito

Eu vos condeno, espírito N. porque foste desobediente e rebelde ao meu comando, a não mais receber as bênçãos do SENHOR VOSSO DEUS, pois desobedecestes a mim e as minhas invocações; Eu, servo do SENHOR DEUS, O MAIS EXALTADO E IMPERIOSO IEHOVAH*, Eu, que estou cingido e fortificado por Suas potências e avais celestiais, porque te mostraste avesso me desacatando, vos culpo de desobediência e grande revolta e, portanto, Eu vos excomungo pelo fogo que destruirá teu nome e teu selo, que incluí nesta caixa; e vos queimará no fogo imortal, e vos fará sucumbir no esquecimento eterno, a menos que venhas de imediato e apareça visível e afavelmente, amigável e cortês diante de mim, à frente deste circulo, neste triângulo, em uma forma agradável e amigável, sem causar dano ou doença a mim ou a qualquer outra criatura sobre a face da terra e responda de forma razoável as perguntas e desejos que eu vos farei.

Se não vier então diga o seguinte:

A Imprecação

AGORA, oh espírito N., ainda pernicioso e desobediente, recusando-se a aparecer e responder minhas invocações satisfazendo-me;
Eu ordeno pelo nome e pela potência e pela dignidade do Onipresente e senhor imortal, Deus dos anfitriões IEHOVAH* TETRAGRAMMATON*, uno criador do paraíso, terra e inferno, e tudo o que neles existe, que é o arquiteto maravilhoso de todas as coisas visíveis e invisíveis, vos amaldiçôo e privo-te de sua função, alegria e situação e eu ligo te nas profundidades do abismo insondável para lá permanecer até o dia do julgamento, dentro do lago de fogo e enxofre que nunca se apaga, reservado aos espíritos rebeldes, desobedientes, obstinados e perniciosos. Que toda a companhia dos anjos do paraíso possa maldize-lo! Deixe que o sol, lua, e todas as estrelas do firmamento possam esquece-lo;
Deixe que a luz de todos os vossos príncipes amaldiçoem-no desde o paraíso até o fogo inextinguível, entre os tormentos inomináveis.
E como o vosso nome e o vosso sigilo contido nesta caixa acorrentada e hermeticamente fechado, seja tu também sufocado em substâncias sulfurosas e queimado neste fogo material; assim no nome de IEHIVAH* e pela potência e pela dignidade destes três nomes, TETRAGRAMMATON* ANAPHAXETON* e PRIMEUMATON* eu jogo o teu espírito mau e desobediente, oh N., no lago do fogo que é preparado para os espíritos execrados e malditos, lá permanecendo até o dia da destruição, e de ser la esquecido para sempre pela face de DEUS, que virá rapidamente julgar os mortos e o mundo pelo fogo.

Então o Magista põe a caixa no fogo, e logo o espírito virá; entretanto, assim eu aparecer deve-se extinguir o fogo e retirar a caixa, dando as boas vindas ao espírito e tratando-lhe amavelmente; é necessário mostrar o pentáculo de Shlomo que está em abaixo do robe, coberto com pano de linho, dizendo:

Contemplai teu infortúnio se recusar-se a me obedecer! Vede o Pentáculo de Shlomo que eu trouxe diante de vos! Vede o Magista em seu exorcismo, o qual é destemido, cingido com as armas de DEUS, que tem poderio sobre vos e vos invoca manifestando-vos, esse mesmo, vosso mestre, que é chamado OCTINIMOS. Traze, portanto, respostas razoáveis as minhas demandas, e prepara-te para ser obediente ante o vosso mestre pelo nome do Senhor: BATHAL APRESSA-TE POR ABRAC!
ABEOR VENHA ATÉ ABERER!
E seja obediente em resolver minhas dúvidas, porque és sujeitado por Deus para cumprir nossos desejos e demandas.

E quando aparecer e se mostrar com humildade e mansidão, diga o seguinte:

As Boas Vindas

Eu vos saúdo Espírito N., ó nobres [ou reis] pelo Nome d’Aquele que criou o céu e a terra e o inferno e tudo o que neles está contido e subordinado Aquele Nome. Pela mesma potência que eu vos chamei a manifestação eu vos ligo e convido a vos colocar amável e afavelmente diante deste circulo e deste triângulo porque eu dou ocasião para a vossa presença e manifestação; afim de não partir sem minha devida licença e sem que meus desejos estejam verdadeiramente satisfeitos, sem qualquer ardil.

Então o magista indicará seu pedido, e quando terminar a evocação dará a licença ao espírito para partir:

A Licença para Partir

Oh Espírito N., porque respondeste diligentemente minhas demandas, provando pronto anseio em vir atender-me, concedo-lhe licença para volver aos ermos de onde surgiste, sem trazer o agravo ou o perigo a homem ou besta. Parta, então, eu digo, devidamente exorcizado e consagrado pelos ritos da Santa Magia e seja pronto para atender meus desejos.

Eu convido-o a se retirar pacifica e tranquilamente, e que a paz do DEUS seja mantida entre tu e mim! AMEN!

Após a partida do espírito sairás do circulo e louvará ao Altíssimo pelas bênçãos e graças que tiveres alcançado. Note que você pode também comandar espíritos pela Arca de Bronze na mesma maneira que pelo triângulo.

FONTE: MORTE SÚBITA

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: