Deixe um comentário

ESTATUTO E RITUAL DE CONSAGRAÇÃO DO TEMPLO DA A.A.O.

Uma publicação eletrônica da Editora Supervirtual Ltda. Colaborando com a preservação do Patrimônio Intelectual da Humanidade.

WebSite: www.supervirtual.com.br
E-Mail: supervirtual@supervirtual.com.br

(reprodução permitida para fins não-comerciais)

A.A.O.
Alpha & Astron & Omega

Associação para o Intercâmbio do Pensamento Sincrético

Ecoa um grito através do Tempo e do Espaço: “Eu sou uma Estrela entre as Estrelas!”

In Nomine Alpha & Astron & Omega

A Associação, cuja atividade não visa lucro, tem como meta o intercâmbio do pensamento sincrético assim como a pesquisa e o fomento de filosofias sincréticas em seus contextos metafísicos.

Com este manifesto, José Roberto Romeiro Abrahão é confirmado como membro ordinário da A.A.O., Associação de Intercâmbio do Pensamento Sincrético. A filiação foi deferida em função da adequada solicitação e da apresentação de certificado de maioridade, assim como o envio regular da contribuição referente a um ano. A filiação ordinária começa em 8/6/1999. Os membros são obrigados a promover os interesses da Associação em prol do seu fortalecimento e evitar tudo que possa prejudicar o prestígio e o objetivo da Associação.

Devem obedecer os estatutos (no verso) e as decisões dos órgãos da Associação. Os membros ordinários e extraordinários são obrigados ao pagamento pontual das contribuições no valor determinado anualmente pela Assembléia Geral. Essa contribuição deve ser encaminhada até no máximo no dia 31 de janeiro de cada ano.

Como uma Estrela entre as Estrelas, no contexto da Unidade do Todo, elevo a vontade à Obra da Magia da Estrela Primordial!

In Nomine A.A.O. / Sob o Sinal da Estrela Primordial.
Alpha & Astron & Omega

Decidido aos pés do Rosenberg, Vindobona, 1998.

Estatutos da A.A.O.

Associação para o Intercâmbio do Pensamento Sincrético

§.1. Nome, Assento e Campo de Atividades:
A Associação tem o nome A.A.O. – Associação para o Intercâmbio do Pensamento Sincrético. Seu assento é em Viena, Áustria.

§.2. Objetivos:
A Associação, cuja atividade não visa lucro, tem como objetivo o intercâmbio do pensamento sincrético assim como a pesquisa e a promoção de filosofias sincréticas em seus contextos metafísicos.

§ 3. Atividades para a Concretização dos Objetivos da Associação:
O objetivo deverá ser concretizado através das atividades citadas no parágrafo 2.

Os meios ideais são: a) Palestras, reuniões, serões de discussão. b) Revista da Associação c) Biblioteca da Associação.

Os meios materiais necessários deverão ser obtidos através de: a) Taxas de filiação e contribuições dos membros b) Verbas de instituições c) Doações, Auxílios.

§. 4. Tipos de Filiação:
Os membros da Associação classificam-se em ordinários, extraordinários e membros de honra.

§. 5. Solicitação de Filiação:
Podem ser membros da Associação todas as pessoas físicas que atingiram a maioridade.

A Comissão Executiva é que toma a decisão definitiva sobre a aceitação de membros ordinários e extraordinários. Essa aceitação pode ser negada sem apresentação de motivos.

§.6. Término da Filiação:
A filiação se encerra através de morte, saída voluntária, demissão e desligamento.

A saída só poderá ocorrer no dia 31 de dezembro de cada ano e deverá ser anunciada à Comissão Executiva no mínimo um mês antes. Se o aviso ocorrer com atraso, só terá efeito no prazo seguinte de saída.

§.7. Direitos e Deveres dos Membros:
Os membros têm direito de participar de todos os eventos da Associação e requerer as instalações da Associação.

Os membros são obrigados a promover os interesses da Associação em prol do seu fortalecimento e evitar tudo o que possa prejudicar o prestígio e o objetivo da Associação.

Devem obedecer os estatutos e as decisões dos órgãos da Associação. Os membros ordinários e extraordinários são obrigados a pagar pontualmente as taxas de adesão e contribuições no valor determinado anualmente pela Assembléia Geral.

§.8. Órgãos da Associação:
Os órgãos da Associação são a Assembléia Geral assim como a Comissão Executiva.

§.9. A Assembléia Geral:
A Assembléia Geral Ordinária é realizada todos os anos dentro de três meses após o início do ano regular.

§.10. Atribuições da Assembléia Geral:
A Assembléia Geral possui as seguintes atribuições: 1. Recepção e deferimento do relatório financeiro e balancete; 2. Aprovação do orçamento.

§. 11. A Comissão Executiva:
A Comissão Executiva constitui-se de três membros, que são, o presidente, o escrivão e o tesoureiro.

§.12. Atribuições da Comissão Executiva:
Cabe à Comissão Executiva a Direção da Associação. São suas todas as tarefas que não estão atribuídas, pelo estatuto, a outro órgão da Associação.

O RITUAL DA ESTRELA PRIMORDIAL

Realize o exercício do fogo mágico-octarino e prossiga, no mudra da centralização:
Abra em você a clara consciência de sua origem divina e se reconheça como parte essencial do Universo!

Reconheça sua Vontade como expressão individual do seu potencial criador!

Quando a consciência alcançar seu ponto máximo fale alto, ou em pensamento:

“Como uma Estrela entre as Estrelas elevo a Vontade para a obra da magia da Estrela Primordial!”

Imagine, partindo do centro do seu plexo solar, como que uma estrela giratória (ASTRON) de magia octarina que começa a se espalhar sobre o corpo inteiro. Então fale alto, em pensamento:

“Eu sou o Início e o Fim!”
“Em mim existe o Passado, o Presente e o Futuro!”
“Em mim brilha a Estrela Primordial – ASTRON!“
“Eu sou ALPHA & ASTRON & OMEGA!”

Meu nome é (entoação do nome primordial ou mágico).

Deixe a entoação do nome primordial engrenar-se oscilando com a rotação da Estrela Primordial.

A solidez dessa ligação do Nome Primordial com a Estrela Primordial deve ser bem exercitada, para que essa ligação em pensamento com o Nome Primordial desperte o potencial de força da Estrela Primordial.

A.A.O.
Alpha & Astron & Omega

Ecoa um grito através do Tempo e do Espaço: “Eu sou uma Estrela entre as Estrelas! ” O Fim foi o Início do aeôn infinito, a finitude foi só um sonho mau.”

A CONSAGRAÇÃO DO TEMPLO DA A.A.O.

Sintonia Mental

A Execução do Círculo

1º Sacerdote:

Em nome do Universo erijo um templo entre os Mundos e além dos Tempos.

Cerimônia da Purificação e da Iniciação através da Água e do Fogo

1º Sacerdote:

E primeiro o sacerdote, que governa a obra do Fogo, precisa salpicar o mar ecoante com água lustral!
E se então, depois que todos os fantasmas desapareceram, você quiser ver o Fogo sagrado, amorfo, o fogo que voa, arde e crepita através das profundezas ocultas do Universo, então ouça a voz do Fogo!

A Evocação dos Elementos nas Quatro Direções
1º. Sacerdote:
Leste:

Traço o pentagrama do Ar evocado no Leste, e invoco o poder do espírito do Ar e dos Silfos para que nos apoiem em nossas ações.


Sul:

Traço o pentagrama do Fogo evocado no Sul, e invoco o poder do espírito do Fogo e das Salamandras, para que nos apoiem em nossas ações.

Sacerdotisa:
Oeste:

Traço o pentagrama da Água evocado no Oeste, e invoco o poder do espírito da Água e das Ondinas, para que nos apoiem em nossas ações.

Norte:

Traço o pentagrama da Terra evocado no Norte, e invoco o poder do espírito da Terra e dos Gnomos, para que nos apoiem em nossas ações.

A Declaração da Vontade Coletiva
1º Sacerdote:

Em nome do Universo declaro aberto o Templo sob a proteção dos quatro Elementos. Vamos então declarar nossa vontade conjunta:

1º Sacerdote: (colocando a mão sobre o sigilo da A.A.O.)

Como Estrela entre as Estrelas no contexto da Unidade do Todo elevo a vontade à obra, e com a mágica para mim disponível, inauguro o Templo da A.A.O..

2º Sacerdote: vide acima.

Sacerdotisa: vide acima.

1º Sacerdote:

É hora do nascimento e do novo começo. Algo novo foi criado, e deve crescer e prosperar. Coloco o Templo da A.A.O. sob a proteção dos Quatro Elementos; que ele irradie através da força do Sol e brilhe através da luz da Lua. Vamos então invocar a qualidade de Júpiter para ver o Templo da A.A.O. irradiar sob uma estrela feliz.

A Invocação de Jupiter
1º sacerdote:

Nós o chamamos, ó Jupiter, Pai de Todos, Criador de Todos.
Você que impregna o Universo com generosidade.
Nós o chamamos, poderoso Criador e Tutor
Para que nos oferte alegria, felicidade e bem-aventurança.
Você, cujo Cetro faz os Elementos estremecerem
E que formou do Caos ao espaço ilimitado
Deixe-nos elevarmos até você e a seu brilho
Aos quais senão nenhum olhar poderá ver
Nós o Chamamos no espaço ilimitado
Para que abençoe o Templo da A.A.O.
E possamos olhar para o futuro em paz, alegria e felicidade.

Ritual do hexagrama de evocação de Jupiter, sobre o cálice que está sobre o sigilo da A.A.O. no altar.

“Oh most exalted wielder of the stars, supreme in all magnificence! The immense blue and purple of sky and ocean declare the breadth of thy domain; the fruitful rains affirm thy benignity. Majestic in power, compassionate in regard, beneath thy protecting hand I here invoke thee.”

EL ZARAIETOS PANTOKRATOR

2º Sacerdote:

Oh divine father of immortals, compassionate father of earthly life! Thou who art ever with us to sustain us in being, be with us now in the working of our art! – thou abundance more liberal than light of summer skies, thou majestic power more potent than the surge of ocean’s deep!

EL ZARAIETOS PANTOKRATOR!

Sacerdotisa: (segurando o cálice com o sacramento)

Oh great and beneficent

EL ZARAIETOS PANTOKRATOR!

“To thee we raise, in the cup of our aspiration, the wine is to be the talisman of our united magical will! – asking thee, Oh most splendid, to receive this materium of our rite into the light of thy presence. So, as we proceed in preparation of the Elixir of Jupiter, charging the astral substance of this wine with thy creative energies of thy sphere, shall we achieve a true alchemical ferment, mighty in yethirah and vitalized by thy blessing.”

(Coloca o cálice sobre o altar.)
Todos se dão as mãos e visualizam como um redemoinho de luz azul-clara preenche o sacramento – essa corrente de energia permanecerá por algum tempo.

1º Sacerdote:

“Behold the Elixier of Jupiter
For All and for each it is prepared!
Let each and all receive its magick virtue!”

(Passa o cálice de mão em mão)

Rei suave, deus da Felicidade e da Majestade
Cuja plenitude sempre se preenche de novo
Presenteie-nos com a Alegria, a Riqueza e a Satisfação
E faça com que o Templo da A.A.O. continue pela eternidade afora.

Agradecimento:

Salve Jupiter que através da sua lei nos dá plenitude e esplendor
Graças também aos Elementos e forças da natureza em seu poder de bronze
Sejam despedidos e agradecidos pelo seu apoio e sua força.

Banimento dos Elementos nas Quatro Direções
1º Sacerdote:
Leste:

Coloco o pentagrama que bane o Ar no Leste.

Sul:

Coloco o pentagrama que bane o Fogo no Sul.

Sacerdotisa:
Oeste:

Coloco o pentagrama que bane a Água no Oeste.

Norte:

Coloco o pentagrama que bane a Terra no Norte.

Abertura do Círculo
1º Sacerdote:

Em nome do Universo abro este círculo e fecho o Templo da A.A.O..

Última liberação:

Com isto libero todos os seres que através desse ritual foram ligados, voluntariamente como também involuntariamente. Vão embora, com as bençãos dos Poderosos!

Leia mais sobre a ordem clicando aqui para baixar Alpha & Astron & Omega – Guido Wolther.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: