1 comentário

GOETIA: Os Materiais: O Diário de Registros

Durante o trabalho das invocações seria bastante vantajoso que o adepto fizesse uso de uma espécie de diário onde ele lançaria livremente sus impressões acerca dos experimentos empreendidos. Este diário facilitaria a consulta ou mesmo alguma revisão que o magista porventura viesse a necessitar.
Nele estariam todos os experimentos registrados, e este registro deveria ser o mais completo possível, em todos os detalhes. Não só as impressões rituais devem ser registradas, mas também qualquer sentimentos ou experiência não usual que venha ocorrer no período de ação do espírito evocado, na preparação da câmara ritual ou mesmo em sonhos significativos.

* Lizza: recomendo muito isto em inúmeros casos e não só na goetia, até mesmo sonhos quando carregados de significados subjetivos deveriam ser anotados mesmo para os não-magistas (desde tenra idade possuo tal hábito). A memória as vezes no pega peças por isso é sempre bom guardamos registros.
Pra quem quer mais privacidade basta escrever de trás pra frente, onde só se possa ler olhando o reflexo num espelho (pode parecer difícil, mas é muito simples logo que se acostume escreverá assim tão bem como escreve da forma usual) ou pode criar um código de signos próprios, tocando cada letra do alfabeto por algum símbolo e os números também, assim terá realmente uma privacidade maior, somente uma mente um pouco mais treinada pode decifrar um código tão pessoal.

Um comentário em “GOETIA: Os Materiais: O Diário de Registros

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: